Dicas para otimizar seu tempo e melhorar o fluxo


Com pequenos ajustes no seu cotidiano, é possível otimizar o tempo, manter o foco e aumentar a sensação de fluxo. No fluxo, a capacidade criativa aumenta consideravelmente, as solução aparecem com maior facilidade e torna-se mais fácil viver.

Vantagens de manter o foco e o fluxo: mente concentrada, foco no presente, nada preocupa, a hora passa voando, sentimento de controle, mente clara para eliminar obstáculos, prazer nas atividades, ego suavizado e sob controle.

Desvantagens de manter o foco disperso: mente distraída, pensamento no passado ou futuro, preocupações cotidianas invadem a consciência, cada minuto parece interminável, sentimento de descontrole, frustração e baixa estima por não conseguir resolver os problemas, atividades parecem chatas e angustiantes, ego exacerbado em extrema autocrítica.

Implemente essas dicas e perceba a diferença:

- Não olhe para nenhum tipo de tela (celular, Tv, Notebook, Tablet) na primeira e na última hora do dia;
- Desligue o celular antes de realizar atividades importantes. Se não for possível, ative o modo "noturno", para que só pessoas mais próximas possam entrar em contato em caso de emergência. Coloque seu foco no que está fazendo;
- Separe um dia na semana para fazer um jejum eletrônico, abrindo exceção somente para dispositivos de leituras de livro (e-readers) ou de música;
- Procure frequentar cafés e restaurantes sem wi-fi, e desligue sua Internet assim que se acomodar nesses locais;
- Leia e responda seus e-mails no máximo duas vezes ao dia. Defina os horários em que irá realizar essa atividade, e respeite essa regra;
- Utilize a técnica pomodoro: marque 25 minutos em um relógio ou cronômetro e neste período, dedique-se a apenas uma atividade. Após este tempo, descanse 5 minutos - dê uma volta, tome uma água, olhe pela janela - e se for necessário, repita esses ciclos até concluir a atividade. É comprovado que pequenas pausas são mais produtivas do que trabalhar um longo tempo direto;
- Inicie o dia com um ritual prazeroso - um bom café da manhã, uma seleção de músicas agradável, uma caminhada, se gostar - e após cada atividade finalizada, se recompense com algo.
- Aprenda a identificar quando sua mente passa do foco para a divagação, e traga-a de volta ao foco, mesmo que precise fazer isso várias vezes ao dia.
- Busque trabalhar em um lugar onde não haja distrações ou muitas pessoas transitando. Projetos importantes podem ser realizados em bibliotecas ou café, caso seu espaço de trabalho não ofereça um espaço adequado.
- Atividades grandes e complexas podem se tornar mais produtivas se você dividi-las em tarefas menores, em etapas. Conforme cumpre as etapas, fica mais fácil passar para a próxima e chegar ao final mais rapidamente.
- Agrupe atividades parecidas e tente realizá-las num mesmo horário. Por exemplo, um tempo para responder emails, outro para ligações, outro para organizar tabelas, e assim por diante.

fonte de pesquisa: livro Ikigai

Imagem de Gerd Altmann por Pixabay

Postagens mais visitadas