Qual a diferença entre os Florais de Bach, de Minas e Saint Germain?



Os florais são cada vez mais conhecidos e a cada dia a variedade de sistemas disponíveis aumenta. Como saber qual escolher entre opções?

Em comum, os florais são terapias naturais complementares que atuam no campo energético, equalizando a vibração e promovendo a harmonização interior e o retorno ao estado de equilíbrio. A forma de consumo é parecida - em torno de 4 gotas sublinguais, 4 vezes ao dia, variando de acordo com o caso e idade - e a forma de extração, armazenamento e diluição, também é próxima. Já a inspiração para aplicação e os parâmetros para organização dos florais varia. Vamos ver algumas diferenças entre os florais:

Florais de Bach: por volta de 1930, o Dr. Edward Bach se afastou de sua carreira como médico alopata, onde já investigava nos clientes suas suposições de que o estado emocional interfere na saúde física. Durante este afastamento, testou em si mesmo o efeito da vibração de flores extraídas naturalmente e de uma água terapêutica em seu próprio organismo, provocando emoções e em seguida tratando, catalogando então 38 florais e a fórmula Rescue, uma combinação de 5 florais para estados emergenciais. O sistema foi reconhecido pela Organização Mundial de Saúde em 1983 e é utilizado atualmente inclusive em algumas unidades do SUS. O sistema age com o Terapeuta  identificando os aspectos negativos da personalidade que precisam ser transmutados em positivos e escolhe-se o(s) florai(s) compatível(is) como este perfil. O sistema é de fácil compreensão, pois um dos objetivos de Bach ao criar este sistema foi o de que fosse acessível a qualquer pessoa que quisesse utilizá-lo.

Florais de Minas: primeiro sistema ou linha de florais nacionais, produzidos e pesquisados no Brasil a partir do trabalho do Dr Bach, conta com cerca de 100 florais. A empresa produz florais, combinações de florais e outros produtos que são resultado de sua pesquisa original combinada aos conhecimentos tradicionais. São estruturados em 3 linhas básicas de produtos e níveis de ação curativa: 

  • Essências Florais: nível vibracional: hiper sutil; foco de atuação: alma (corpo espiritual) e psique (corpo mental e emocional); ressonâncias: todos os corpos do indivíduo; composição: essências florais puras; 
  • Fi-Essências: nível vibracional: hiper sutil + etérico comportamental; foco de atuação: psique (corpo mental e emocional); ressonâncias: todos os corpos do indivíduo, porém com ênfase comportamental; composição: essências florais + cocções florais. 
  • Fi-Florais: nível vibracional: hiper sutil + etérico comportamental + etérico orgânico-sistêmico; foco de atuação: corpo etérico e sistemas orgânicos; ressonâncias: corpo físico, mas alguns deles produzem repercussões especiais no corpo etérico-comportamental; ressonâncias especiais: ênfase no corpo etérico-comportamental para alguns dos produtos (Serenium, Victris-H, Victris-M, etc); composição: essências florais + cocções florais. 

Portanto, os Fi-Florais são orientados para o cuidado de questões que atingem também o organismo físico do indivíduo, enquanto as Fi-Essências são mais direcionadas para o equilíbrio de questões emocionais e comportamentais do indivíduo.

Conta ainda com os Os Florais Cromáticos de Minas, com a particularidade e a especialidade de se utilizar um produto que segue as divisões infinitesimais, típicas da essência floral. Agem de modo
semelhante às tradicionais essências florais, porém se apresentam na forma dos “Buquês Cromáticos”, fórmulas florais prontas para uso, compostas por essências florais de flores da mesma cor e suas variações. A diferença está no padrão arquetípico geral e, conseqüentemente, no foco das
indicações e nos resultados esperados. Enquanto uma essência floral pura realça e torna explícito terapeuticamente todo o simbolismo, o mito e o arquétipo da flor, um buquê cromático coloca em primeiro plano o arquétipo da cor. 

Florais de Saint Germain: sistema brasileiro que surgiu por volta de 1990 através de Neide Margonari,  conta com cerca de 90 essências, também surgiu através de inspiração no trabalho do Dr. Bach, aliado à inspiração através da Grande Fraternidade Branca Universal e seus 12 raios, os quais representam:

  • Primeiro Raio Azul – Aspectos das Expressões-Qualidades: Força, Fé, Poder e Proteção 
  • Segundo Raio Dourado - Aspectos das Expressões-Qualidades: Sabedoria 
  • Terceiro Raio Rosa - Aspectos das Expressões-Qualidades: Amor Divino e Força Magnética 
  • Quarto Raio Branco - Aspectos das Expressões-Qualidades: Pureza, Beleza e Perfeição 
  • Quinto Raio Verde - Aspectos das Expressões-Qualidades: Verdade e Cura 
  • Sexto Raio Rubi Dourado - Aspectos das Expressões-Qualidades: Amor, Paz e Misericórdia 
  • Sétimo Raio Violeta - Aspectos das Expressões-Qualidades: Transmutação, Libertação 
  • Oitavo Raio Água Marinha - Aspectos das Expressões-Qualidades: Claridade, Clareza 
  • Nono Raio Magenta - Aspectos das Expressões-Qualidades: Harmonia Divina, Equilíbrio 
  • Décimo Raio Dourado Solar - Aspectos das Expressões-Qualidades: Paz Solar, Conforto 
  • Décimo Primeiro Raio Pêssego - Aspectos das Expressões-Qualidades: Propósito Divino, Entusiasmo, Alegria 
  • Décimo Segundo Raio Opalino - Aspectos das Expressões-Qualidades: Esperança, Inspiração 

Para realizar a prescrição é preciso conhecer como funciona cada sistema, sua linha de raciocínio e suas indicações, pois embora sejam parecidos em objetivos e consumo, cada um tem peculiaridades bastante diversas. Para tornar-se um terapeuta especialista em florais é necessário várias horas de estudo e conhecimento sobre os sistemas diversos, suas finalidades e bases de criação. Existem ainda outros florais menos conhecidos vendidos para pronto consumo em farmácias de manipulação.


Curso Básico Florais de Bach: clique --> AQUI

Estamos nas redes sociais:
Blog: www.despertaluz.com.br
Portal de cursos: www.portaldespertaluz.com
Instagram: https://www.instagram.com/despertaluz/
Facebook: https://www.facebook.com/portaldespertaluz/
Pinterest: https://br.pinterest.com/despertaluz/
Email: portaldespertaluz@gmail.com
Youtube: https://www.youtube.com/despertaluz

Fonte: Livro Tratado de Medicina Floral, site www.floraisdeminas.com.br, site www.fsg.com.br

Imagem de monicore por Pixabay

Postagens mais visitadas