Mecanismos sabotadores e antídotos

O termo cocriação refere-se à capacidade que todos temos de criar uma nova realidade. Uma vez que todos somos parte do Todo, da consciência não-local, estamos habilitados a iniciar uma transformação em nossas experiências a qualquer instante, bastando o alinhamento perfeito para entre a consciência, o sentimento e o pensamento. Porém, vivendo dentro da Matrix, ou seja, dentro do sistema condicionante, nem sempre o alinhamento é fácil e acabamos criando barreiras inconscientes e sabotadoras. É possível reverter essa tendência à negatividade através de antídotos.




Pode-se citar três barreiras sabotadoras em esferas diferentes e quais as soluções práticas para a reversão:



1 - MENTAL: cria obstáculos que considera real, por perceber as metas como inatingíveis. Por exemplo, para quem está com o saldo devedor e ganha um salário de cerca de 1000 reais é difícil conceber a possibilidade de ganhar 1 milhão de reais, o que causa uma resistência inconsciente ao novo padrão desejado.

ANTÍDOTO: crie metas que seu cérebro considera aceitável e viável. Ao invés de pensar no topo da "escada" coloque degraus atingíveis como metas e à medida que for chegando perto do que deseja, aumente a meta. Dessa forma o mental será convencido da possibilidade de mudança e começará a trabalhar como aliado e não, como inimigo.

2 - SENTIMENTAL: mentalmente já consegue criar as metas, mas não consegue sentir que é possível. A dificuldade em mudar os sentimentos está nas crenças limitantes que carregamos, que despertam o mecanismo de autossabotagem, travando o processo de transformação - como colocar fé, confiança em algo no qual nosso sentimento diz não ser bom? Por exemplo, se alguém cresceu ouvindo que ninguém merece confiança, como confiar em alguém? Se cresceu ouvindo que quem é rico não vai para o céu, como estará aberto à prosperidade?

ANTÍDOTO:
  • enumere, anotando em uma folha sempre que lembrar, quais são suas crenças limitantes, desde a infância até os dias de hoje;
  • para cada crença negativa imediatamente crie uma nova história, mudando a perspectiva, contando-a de forma positiva e favorável. Vale lembrar das vezes em que foi bem sucedido em suas ações ou em que esteve se sentindo muito bem;
  • adote como hábito os passos anteriores sempre que uma nova crença aparecer na mente.

3 - ESPIRITUAL: acontece quando não se consegue perceber onde o que a pessoa quer irá agregar algo positivo à sociedade, ou seja, não vê sentido no que faz ou na forma como vive. Acontece também quando falta a bússola interior, não saber se está na direção certa, tem-se a sensação de estar perdido, sem rumo ou sem sentido.

ANTÍDOTO:
  • Faça meditação diariamente por pelo menos 10 minutos para se reconectar com o Eu interior;
  • Use técnicas como a  da entrevista futura: imagine uma celebridade entrevistando você quando já tiver alcançado seu objetivo, respondendo em voz alta, usando a visualização criativa.
  • Permita-se prestar atenção em si com o intuito de reencontrar seu caminho, reorganizar sua bússola para o seu Norte, e a partir de então rever estratégias e ações.