O que é preciso para iniciar na carreira de Coach

Uma das vantagens do trabalho como Coach é o baixo nível de exigências para começar. Tendo absorvido uma boa base de técnicas, um computador e sinal de internet de qualidade já é possível começar. 





Veja abaixo o que precisa e o que não precisa para atuar nesta profissão.
O que é preciso:

  • Ter domínio sobre uma boa base de recursos – fundamentos e ferramentas práticas – para poder realizar atendimentos com qualidade e dar continuidade aos atendimentos e planejamentos;
  • Estudo constante para aprimoramento e ampliação das técnicas;
  • Domínio dos recursos tecnológicos, se a opção é o atendimento online;
  • Compreensão e prática sobre as redes sociais mais adequadas para divulgar seu trabalho e agregar informações;
  • Ter um local para o atendimento, seja um cômodo da casa, uma sala em um local específico, ou mesmo um lugar ao ar livre para atendimentos que saem da rotina;
  • Conexão de internet de ótima qualidade;
  • Ter meios de se locomover até a casa ou local de trabalho do cliente, se esta for uma opção, especialmente para um primeiro contato;
  • Desenvolver um planejamento com metas a curto, médio e longo prazo para seu negócio de Coach – onde está, onde deseja chegar, como planeja atuar nos atendimentos;
  • Ter controle financeiro sobre seus rendimentos para poder evoluir financeiramente, se estabelecendo na profissão.

O que não é preciso:

  • Não há obrigatoriedade de registro para iniciar na profissão. Os certificados registrados dão maior credibilidade, mas não sã obrigatórios;
  • Não há requisitos especiais em termos de qualificação sob a perspectiva legal;
  • Não há necessidade de funcionários nem sede para o negócio funcionar, podendo atuar em casa através da internet desde que tenha bons equipamentos e boa estrutura;
  • Não há necessidade legal de contratar um contador, você mesmo pode organizar as finanças através de um software de contabilidade (o que não exclui o pagamento de impostos sobre seus rendimentos, neste caso é preciso buscar orientação especializada sobre o melhor meio de formalização).
Algumas instituições que emitem credenciamento (colocando como obrigatórias regras próprias sobre horas e prática) divulgam como sendo uma exigência legal, o que não corresponde à realidade, uma vez que não há em vigor uma Lei específica para essa profissão. 

O credenciamento não é obrigatório e sim, recomendável, uma vez que aumenta a credibilidade do profissional, pois as instituições que realizam credenciamentos recolhem os documentos comprovando cursos com carga horária definida pela instituição. Mas não há impedimentos para iniciar a profissão desde que tenha se apropriado das técnicas e organizado um bom planejamento e estrutura. 

Já a formalização é fortemente recomendável (como autônomo, MEI, EIRELI, Microempresa) uma vez que toda fonte de renda precisa ser comprovada para fins de declaração em Imposto de renda e pagamento de impostos.

As mesmas regras valem para o Coach Holístico e o Terapeuta Holístico, salvo no uso de técnicas como Acupuntura que têm regras específicas para descarte de material.

É importante ressalvar que este tópico está sendo formulado em julho de 2018. Caso este post seja consultado posteriormente é importante se informar sobre as atualizações legais para ter
certeza de que não há novas exigências para a profissão.

Este tópico faz parte do Curso de Coach Holístico - Como iniciar na carreira, oferecido em nosso Portal. Se desejar conhecer mais dicas e esclarecimentos saiba mais sobre o nosso curso clicando ---> AQUI.