Samsara: dimensões, iluminação e Karma


Sob a perspectiva chinesa, o mundo está dividido em seis dimensões: 

- Homens: nossa realidade atual, seu diferencial em relação às outras dimensões é o livre-arbítrio. Somente nesta dimensão é possível o ser construir ou modificar o destino através de sonhos, objetivos e metas, através dos quais se constrói o Destino da Vida.

- Animais: inclui todos os reinos da espécie, incluindo insetos, répteis e mamíferos.

- Paraíso: onde é possível usufruir o prazer.

- Inferno: morada do sofrimento e da dor.

- Devas: onde habitam os semideuses e deuses do Olimpo, da Grécia antiga.

- Espectros: onde vagam aqueles ainda apegados à vida terrena devido a mortes bruscas, como acidentes, assassinatos, suicídios.

De acordo com este entendimento, quando a pessoa alcança a iluminação - ou estado "Budico" de plena harmonia interior, alegria e amor incondicional - durante a vida, passa para uma dimensão de paz interior, mas quando a pessoa morre antes desse estágio entra no que se chama ciclo de Samsara, ou Roda da Vida, reencarnando em uma destas dimensões.

A iluminação acontece quando a pessoa desenvolve seu potencial e aquilo a qual se dispôs a fazer na Terra, caso contrário, desenvolverá o Karma. Desta forma, quando retorna, a pessoa traz em sua memória ancestral a habilidade referente ao potencial que precisa desenvolver para transcender as dimensões. Por esse motivo, as habilidades naturais de cada um são grandes pistas do caminho que deveria ser seguido.

Por exemplo, gênios da humanidade como Mozart (música), Van Gogh (pintura), Eisten (ciências) naturalmente traziam essas habilidades em memórias ancestrais e se permitiram praticá-las, e assim, ajudaram seu Karma a ser cumprido.

Já quem escolhe fazer o mal, passa para a dimensão do Inferno, onde passará por sofrimento até "pagar sua dívida". E então reencarna numa dimensão inferior à dos homens, por exemplo, na dimensão dos animais. A situação dos Espectros é diferente: simplesmente não sabem que morreram e continuam apegados à vida material como se estivesse vivos, devido ao rompimento abrupto que sofreram.

Os deuses e semideuses fazem parte da vida das pessoas através dos mitos e arquétipos. Todos vivemos modelos inconscientes de acordo com os mitos e arquétipos que regem nossas vidas. Porém, quando terminarem de cumprir seu Karma - que nesse caso, é positivo - terão que encarnar na Terra.

Portanto, o Samsara é o ciclo de vida e morte no qual o indivíduo está inserido enquanto não alcança seu estado de iluminação, podendo reencarnar em dimensões mais elevadas ou inferiores de acordo com o grau de proximidade que teve ou não com sua missão. 

Esta é a crença de grande parte dos chineses, porém há quem acredite que as dimensões estão todas aqui, pois todos temos dias de paz, dias infernais, dias de poder (como deuses), dias de zumbis (como espectros) ou dias sem vez nem voz (como animais), Por esse motivo, os Terapeutas e Coachs atuais buscam restaurar o equilíbrio entre as principais áreas da vida - saúde, profissão, relacionamento, finanças, lazer, desenvolvimento pessoal, interação social, ambiente - e alinhá-las com a missão e os propósitos de vida de cada um. Assim, o Samsara seria quebrado e o Karma, liberado.