Doenças emocionais de A a Z - Bronquite

A bronquite se desenvolve em ambientes inflamados, com muitas discussões ou o oposto - silêncio em demasia. Quando a desarmonia conjugal é grande, os membros da família passam a ter problemas respiratórios.



A bronquite é asmática nas crianças é reflexo de relacionamentos em conflito por parte de seus cuidadores. A inflamação dos brônquios mostra um estado de desconforto e irritabilidade em relação ao ambiente que não é expresso. Como é mais difícil para a criança identificar e expressar esse desconforto em relação aos cuidadores, o organismo se expressa através da doença.


Essa expressão também pode ser acompanhada de atitudes como isolamento, exibicionismo ou revolta. Em geral revelam pessoas que sempre estão procurando o jeito certo de se comportar, se expressar para serem atendidas, sufocam a essência, o que realmente sentem e a espontaneidade.

A bronquite aguda surge geralmente como consequência de resfriados e gripes, relacionada a algum período conturbado na família. Já a bronquite crônica caracteriza-se pela não resolução dos problemas familiares citados anteriormente. Raramente o fundo emocional da bronquite está relacionado a problemas profissionais.

Para reverter a bronquite é preciso investir no resgate do amor próprio, literalmente esquecer quem está no entorno e passar a prestar atenção em si, às suas características que estão sendo sufocadas. Para ajudar uma criança com essa doença, é preciso que o ambiente familiar seja melhor cuidado e que os pequenos sejam ouvidos, incentivados a se expressarem de uma forma mais saudável.

Novo padrão sugerido: em meu interior crio um ambiente de paz e tranquilidade. Estou seguro para ser eu mesmo.