Cromoterapia - A influência das cores no vestuário


A escolha das cores do vestuário podem refletir o estado emocional do ser humano e influenciá-lo positivamente se forem escolhidas intencionalmente de acordo com os estudos da cromoterapia. Essa escolha pode influenciar a si mesmo e às pessoas que esstão á sua volta, mas é importante ressalvar que não suprimem a personalidade, apenas atuam terapeuticamente nas esferas emocional e energética.


Abaixo, algumas orientações que podem ajudar na escolha da cor do vestuário de acordo com o humor:

Vermelha: por causar a ideia de calor, na era vitoriana, as roupas de dormir eram vermelhas para trazer a sensação de aquecimento, recurso ainda muito utilizado no vestuário de países frios. Traz a sensação de vigor, expansividade e prontidão para prosseguir adiante. Possui a tendência à atração e a atrair o olhar das pessoas, demonstra ardor, paixão, ferocidade e força. Pessoas que gostam de ação e drama apreciam essa cor.  É uma ótima escolha em caso de indisposição, desmotivação e para enfrentar atividades cansativas. Evite se tem tendência à irritabilidade ou raiva.
Laranja: revigorante e estimulante, assim, quem estiver usando roupas da cor laranja, pode ter traços corajosos e aventureiros. Demonstra entusiasmo e zelo pelo que se faz, mesmo que isso consuma muita energia. Pessoas que usam essa cor são afirmativas e bem-humoradas. O uso de roupas da cor laranja também estimula a comunicação, sendo ótima para momentos de desafios, quando houver medo ou depressão.  Desperta autoestima e otimismo. Deve ser evitada em dias que tendem a ser estressantes.
Amarelo – A cor dos intelectuais, estudiosos e daqueles que gostam de ocupar posições de autoridade e controle. Estimula a receptividade e a atenção aos detalhes. Vestir-se de amarelo atrai a luz, por ser a cor mais associada ao Sol, gerando qualidades otimistas e positivas nas pessoas que a usam, sendo leve e jovial, transmitem alegria, ótima escolha para festividades e momentos de descontração. Devem ser evitadas por pessoas inseguras que desejam transmitir confiança.
Verde - auxilia as pessoas a criarem um ambiente equilibrado, suavizante e tranquilo à sua volta. Simboliza harmonia, bom senso e equilíbrio. O verde reflete tipos convencionais, pessoas com senso de justiça e que preferem não sobressair numa multidão. As pessoas que apreciam essa cor geralmente gostam da natureza e da segurança que ela traz. Emitem serenidade, o que evita pré-julgamento de decisões impulsivas. Ótima para dias e atividades que exijam precisão, ou naqueles em que se está agitado, nervoso e estressado. Deve ser evitado por pessoas indecisas.
Azul – vestir de azul promove a espiritualidade e a ordem. Pessoas que usam essa cor valorizam a lealdade e a honestidade, refletem um desejo de paz e quietude, tranquilidade e até mesmo a solidão. Por trazer calma e serenidade é indicada para quem deseja aliviar a tensão e o desgaste emocional. Sugere aproximação entre as pessoas.
Índigo - tem potencial estimulador. Expressa personalidade revigorante e facilmente acessível. Ajuda a clarear os pensamentos e sentimentos, produzindo objetividade em sua comunicação. As pessoas que gostam de usar essa cor nas roupas transmitem jovialidade e vivacidade. É uma cor a ser evitada para quem está com tendências depressivas.
Violeta – simboliza transformação e mudanças, transmutando energias negativas em positivas. Ótima para quem deseja se livrar da depressão e está em fase de transição. Suaviza preocupações, promove paz, elevação, tomada de decisões e autocontrole. Deve ser evitada em ocasiões festivas.
Marrom – é uma cor ótima para os negócios, pois transmite firmeza, segurança e maturidade, ajudando na clareza e objetividade, aumentando o poder de persuasão. Deve ser evitada em momentos de descontração ou em relacionamentos afetivos.
Branco – cor que traz serenidade, leveza, paz, harmonia. Ótima cor para ambientes tumultuados. Não há precauções em relação ao branco.
Preto – promove algum distanciamento entre as pessoas, denota sobriedade, seriedade. Pode provocar isolamento, uma vez que distancia. Não é uma cor recomendada para quem precisa se comunicar, bem como para estados de tristeza, depressão ou baixa estima.

OBS: Este post faz parte do Curso de Cromoterapia, com inscrições abertas no Portal Desperta Luz. Maiores informações ---> aqui.