Por que conhecer mecânica quântica?

Apesar de ser uma ciência considerada nova - pouco mais de 100 anos de descobertas e experimentos científicos - os impactos da mecânica quântica estão à nossa volta o tempo todo. Um dos objetos mais populares que utiliza os princípios quânticos é o celular.




Por outro lado, há uma série de equipamentos denominados quânticos que utilizam o termo somente por estar em voga, ou seja, por ser "comercialmente vendável", sem no entanto comprovação científica sobre seus princípios. Com isso, a seriedade desta ciência é questionada, ou sua aplicação no cotidiano parece muito confusa.

Vale saber alguns pontos sobre a importância de se conhecer um pouco sobre o tema.

Todos estamos debaixo de leis universais que regem nossa vida, independente do nosso querer. Assim como existe a gravidade - se soltarmos qualquer objeto ele cai, e não podemos mudar isso a não ser com equipamentos - existe uma série de outros princípios acontecendo o tempo todo, eternamente. Esses princípios são explicados e continuam sendo estudados pela física/mecânica quântica, que mudou alguns perspectivas antes já comprovadas pela física clássica. Por exemplo, de acordo com a mecânica quântica, tudo existe em forma de onda, de energia.

A partir da observação/escolha de uma consciência (processo chamado "colapso da função de onda") consciente ou inconsciente, ocorre um decaimento atômico e após algum tempo, a energia colapsada torna-se realidade. Portanto, de acordo com a mecânica quântica, tudo nasce da consciência e não, da matéria, como é a visão da física clássica. Partindo deste princípio, estamos criando a realidade o tempo todo, de forma consciente ou não.

Quando nos apropriamos destes conhecimentos, é possível compreender o mecanismo da vida em todas as esferas. o papel da consciência, o tamanho da nossa responsabilidade em relação a nossas escolhas (ou não-escolhas), a importância do cuidado com nossos pensamentos e sentimentos e com isso, conseguir efetivamente realizar interferências construtivas (se esta for nossa escolha) em nossas vidas com impactos no entorno.

Destaca-se que é preciso um certo grau de consciência para haver compreensão e entendimento sobre os conceitos, cuja expansão consegue-se com estudos cada vez mais complexos e atitude aberta para quebrar crenças e paradigmas.

Se desejar saber um pouco mais, assista ao vídeo:





imagem shutterstoch