Foco: Entropia, neguentropia e entropia psíquica

Entropia é o termo utilizado para denominar a medida de desordem de um sistema a partir da perda de energia. Há uma lei da Termodinâmica que prevê como natural o aumento da entropia do sistema com o passar do tempo, o que significa, maior desordem.




Para reverter o processo natural de entropia é preciso neguentropia, que significa colocar força, ação, trabalho, organização e inteligência em algo, ou seja, entrar em fluxo com um determinado objetivo.

Num exemplo prático, se fazemos o almoço mas não arrumamos a cozinha, deixando tudo desordenado, geramos entropia. É preciso que alguém aplique o trabalho - energia - de arrumar tudo -objetivo, gerando neguentropia - odem.

Conforme explicação no vídeo abaixo:


... a mente também tem tendência à entropia, pois sofre perda de energia constante e torna-se suscetível à desordem, uma vez que é feita de átomos. A esse estado dá-se o nome de entropia psíquica. Para evitar esse fenômeno é preciso alimentar o tempo todo os pensamentos e sentimentos positivos, além de colocar 100% do foco nos objetivos que se deseja alcançar.

Caso seja aberta uma pequena brecha para o desfoque, ou para a dúvida, o ser é tomado pela entropia psíquica e bombardeado por pensamentos e sentimentos negativos, que ganham espaço aos poucos e colocam objetivos a perder ou os dificultam muito, por simples questão de descontrole mental e emocional.

Tudo está nos pensamentos e sentimentos que se escolhe cultivar. Uma das indicações dos estudiosos é utilizar o termo "cancelado" imediatamente após um pensamento negativo, trocando-o por outro positivo imediatamente. No princípio pode parecer difícil e até cansativo, uma vez que estamos acostumados a viver em entropia, mas com um pouco de treino e persistência essa substituição torna-se natural, e fica mais fácil manter a energia vibrando em frequência mais intensa e positiva, evitando o desfoque e por consequência, a entropia psíquica.