Doenças emocionais de A a Z - Arrepio

O arrepio involuntário é o reflexo de uma contração, ou seja, a mente "puxando para dentro e para fora". Revela um desejo inconsciente de recuar, de não precisar lidar com algo que lhe parece muito difícil. Portanto, é outra doença causada pelo medo. Também pode ser um reflexo de raiva contida.



De acordo com o livro Linguagem do corpo, "ao sentirmos medo, ou ficarmos irados, a secreção de adrenalina em nosso organismo torna-se muito elevada no sangue, provocando arrepios, suor frio, tremores...", ou seja, o arrepio é provocado pelas ações dos hormônios.


Quando sentir um arrepio persistente e incômodo, a indicação é parar e refletir sobre o contexto: o que está despertando o mecanismo de fuga? O que está provocado o medo e a tendência a se contrair, se fechar?

Respirações profundas podem ajudar a diminuir a ansiedade que em geral acompanha os arrepios, e ajuda a relaxar a mente, para que se possa enxergar com maior clareza quais são as saídas, ao invés de tomar atitudes baseadas no instinto, que podem gerar impactos desastrosos.

Novo padrão sugerido: Eu escolho relaxar e permitir que a inteligência superior me mostre qual o melhor caminho a seguir. Estou seguro e sinto-me apoiado pelo Todo.