Doenças emocionais de A a Z - Apatia

O estado de apatia é bem preocupante e caracteriza-se pela ausência da alegria de viver.



A pessoa limita-se a ir levando ou se deixando levar, sem conseguir sentir alegria e prazer, sem conseguir perceber a beleza da vida. Nos casos mais graves a apatia induz a estados como descuido com a higiene, com a aparência, com a saúde ou com a alimentação. É um dos sintomas causadores de suicídios por passivos, aquele em que a pessoa morre por deixar de cuidar de algo em si que é fundamental para viver.

Perde-se as forças e a vontade de viver. Nos Níveis de Consciência de Hawkins a apatia está entre os mais baixos e um dos pontos que o difere do estado de tristeza - que está em escala superior - é o de que nesse estado a pessoa começa a chorar, a liberar o que está guardado, portanto está reagindo, está demonstrando algum tipo de energia. No estado de apatia a pessoa não tem forças nem para expressar seus sentimentos, como se deixasse de sentir, para não se machucar, e com isso, deixa de viver. A pessoa desenvolve resistência ao sentimento entorpecendo o "eu", geralmente, por medo.

A apatia é uma das responsáveis por doenças como pneumonia, depressão no pâncreas, leucemia, hipotireoidismo, depressão profunda e hipoglicemia.

Novo padrão sugerido: eu escolho a partir de agora viver plenamente, vivenciando meus sentimentos. Eu liberto as amarras que eu mesmo criei, eu me integro com minha capacidade de sentir e me abro para a vida completamente.

***

Para que se possa abranger o maior número de doenças possível, publicaremos as doenças periodicamente em ordem alfabética. É importante sempre avaliar com calma cada caso, olhando para o interior, conversando consigo mesma/o para perceber qual é o padrão arraigado e como este pode ser substituído por um novo padrão, visto que todas as doenças partem do eu, do que criamos em nosso interior e se manifesta no exterior. Em seguida, fale consigo  várias vezes sobre o novo padrão e sempre com a postura de que a doença já está curada.


Livros de referência:

  • Você pode curar sua vida
  • Linguagem do corpo
  • Metafísica da saúde